Pular para o conteúdo principal

O eterno "mimimi" dos supostos eleitores do PT VS os supostos eleitores do PSDB: Brasil, um país fácil de enganar.


Um movimento interessante está ocorrendo no Brasil desde as últimas eleições e pode ser o início de um amadurecimento da população. A evolução da coletividade sempre vem acompanhada de altos custos e perdas na parte de inter-relacionamento pessoal. Mas como todo recém-nascido, antes de criar bons frutos, haverá uma enorme produção de "merda" gratuita, mas que são resultado de uma alimentação. Como diz a lógica: não podemos evacuar o que não nos alimenta.

A verdade sobre quem seria melhor para o Brasil é algo subjetivo, pois, na época, a Dilma teve 4 anos para fazer algo como presidente, somando aos 8 anos que o Lula esteve no cargo, e nada fez de novo ou inédito. Da mesma forma o Aécio tem um mandato de 8 anos como senador, do qual já cumpriu 4, e também nada fez de interessante. Os fatos incontestáveis são que independente de quem ganhasse as eleições, nada fariam de útil para o país, pois dependemos do Congresso Nacional para tudo. O agravante é que não havia um candidato neutro ou equilibrado. Quem manda no país é o Congresso e na maioria dos atos o presidente só dança a música (que isso fique de aviso para quem pensa que Bolsonaro seria um ótimo presidente). E ainda abro aspas para dizer que, em minha opinião pessoal, essa urna não é confiável.

Após as eleições presidenciais muitos fatos ocorreram, incluindo a Operação Lava-Jato e adjacentes, o efeito Eduardo Cunha, a ameaça do processo de impeachment, dentre outros. A principal mudança que houve no país, e, nesse aspecto não darei mérito para ninguém, foi um somatório de políticas federais, estaduais e municipais, onde as classes mais pobres ganharam um acesso maior a alguns bens e serviços. Isso só ocorreu porque algum grupo iria ganhar muito dinheiro com isso. Falta uma política de fiscalização aos benefícios e algumas para criações de postos de trabalho. Em contrapartida, a classe média perdeu poder aquisitivo e uma parcela dessa, a qual não está acostumada a passar apertos financeiros, está sentindo na pele o que é ter que cancelar projetos por falta de dinheiro ou ausência de políticas que os contemplem. A classe média está para o PT assim como os funcionários públicos estavam para o PSDB. Fora 8 anos de congelamento nos salários em prol de um bem maior: a estabilização da economia; e agora será um período igual ou maior para que a classe que antes estava por cima, desça para meio da pirâmide. O PT está pegando mais de um alvo: funcionarismo público, setor privado, classe média, pobres, etc., todos estão sendo prejudicados. Inocente é quem acha que a alta do dólar não é proposital e só prejudica gente rica.

O pobre como está calejado e acostumado a passar por apertos temporários, muitas das vezes não enxerga o que está acontecendo no mundo macro-econômico. Na minha visão utópica, deveria haver crescimento para todos sem prejudicar quem já havia alcançado certo patamar. Mas como eu disse: na minha visão utópica. No mundo real, alguns sempre estarão no topo e subjugarão os demais. Por este motivo os serviços públicos estão sucateados, principalmente os três básicos: saúde, educação e segurança. Estamos vivendo a fase do afogamento: quem está se afogando quer puxar alguém para afundar junto (uma parte por desespero, é claro, mas nesse caso político, há o egoísmo).

Sucateando a educação pública e desvalorizando os profissionais dessa área, por exemplo, aumenta-se a demanda para o setor privado da educação. Nada contra esse setor, mas não são todas as famílias que podem pagar uma educação nessa modalidade. Eu concordaria se não pagássemos tantos impostos, mas como pagamos, deve-se cumprir o que está na CF.

Da mesma forma, estão desmoralizando os profissionais públicos da saúde para que os mesmos iniciem um movimento que beira à postura de mercenários: trabalha-se para quem paga melhor, mesmo que possua matrícula pública (não são todos). O que houve? Existem milhares de clínicas particulares que cobram valor por consulta e os exames mais diversos a preços estratosféricos. Há também as que cobram os preços "populares". Mas vamos ser honestos: quando a necessidade é por um procedimento caro, ninguém vai dar desconto. Nesse aspecto a saúde pública é importante.

Na segurança pública, quando se mexe na carreira militar ou civil, impacta-se a maneira de combate aos mais diversos crimes. A meta é desestimular a área para fortalecer os crimes e aumentar o número da população carcerária, de pessoas mortas (dimdim para funerárias), de pessoas que necessitem de intervenções cirúrgicas (acidentes, balas perdidas, etc.), de pessoas viciadas (haverá uma multiplicação no número de clínicas de reabilitação particular) entre outros aspectos. O resultado é a saída da mão de obra qualificada para outras carreiras. Nisso o estado perde experiência e força para atender ocorrências e efetuar operações.

Enfim, são vários aspectos e o país está um caos. Quem acha que somente uma classe está sofrendo, não está vendo além do próprio umbigo. É a postura do "quero mais que se f*da os outros" ou "farinha pouca, meu pirão primeiro". Afinal, não é de hoje que se utilizam a tática do "dividir para conquistar". Dessa vez estão dividindo o povo e enquanto eles ganham dinheiro às nossas custas, ficamos como otários discutindo uns com os outros nas mídias sociais. Temos muito o que aprender, não é mesmo?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Colocar o idioma português no Forerunner 10 da Garmin

Um amigo meu tem um relógio da Garmin, o Forerunner 10. Em resumo, trata-se de um modelo de smart watch para corridas que auxilia atletas.

Após um problema de reset no relógio, não conseguiu-se mais colocar o idioma português. Então fui verificar como resolver este problema.
Veja aqui o passo-a-passo:
1º.  Acessar o site da Garmin Connect e logar-se no seu usuário. Caso não tenha, cadastre-se;
2º. Acesse o menu e escolha a opção de sincronização, para poder acessar o link para baixar o aplicativo;

3º. Após abrir o link, escolha  modelo do seu aparelho;
4º. Na próxima janela, escolha baixar o aplicativo para desktop (Computer Setup);
5º. Concecte o relógio no PC e siga os passos descritos na página, até instalar o aplicativo e adicionar o dispositivo;
6º. Com o app instalado e o dispositivo adicionado, abra-o e acesse o seguinte: - dispositivo (que no meu caso é o F10) > ferramentas e conteúdo > arquivos de idiomas > selecione a caixa do português > instalar agora (na imag…

Sky HDTV Slim travando por causa do Pen Drive (ou dispositivo externo)

Olá pessoal!
Recentemente eu passei por um problema com o aparelho Sky HDTV Slim relacionado ao recurso de gravação externa "oferecido" pela empresa.
Simplesmente na manhã de ontem, ao ligar o meu aparelho Sky HDTV Slim, o mesmo não ligou normalmente e se comportou como se tivesse ficado sem energia, exibindo todo o processo de reinicialização. O aparelho travou na tela de "Passo 1 de 2: Verificando Dados do Satélite" e não saiu disso. Então eu segui o protocolo e liguei para a empresa, relatando o problema. Segui todos os passos indicados pela atendente, relacionados a verificação das conexões de cabos, reset do sinal do aparelho (apertando o botão vermelho do compartimento do cartão), etc. Porém, o problema persistiu e o serviço teve que seguir para a "temida" visita técnica. Digo "temida", pois a maioria das pessoas reclama desse serviço na internet. Eu pessoalmente sempre fui bem atendido pelos técnicos e sempre me deram boas dicas.
Na manh…

O Exército Brasileiro continua o processo de inserção das mulheres em suas fileiras

Mulheres no Exército Brasileiro
No dia 19 de dezembro de 2014, o Exército Brasileiro publicou em seu Boletim ostensivo, mais um passo para a inserção das mulheres nas Forças Armadas. Foi estabelecido que haverá segmento feminino no processo seletivo de Cabos Temporários, que ocorre nas Regiões Militares. Há projetos para a formação de oficiais mulheres combatentes a partir de 2016 ou 2017 na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN).
Atualmente, o Exército Brasileiro possui os seguintes processos de seleção para mulheres:
- Oficiais de carreira: Escola de Saúde (EsSEx) e Escola de Formação Complementar do Exército (EsFCEx); - Oficiais temporários: existe os Oficiais Técnicos Temporários (OTT) e os Oficiais Médicos, Farmacêuticos, Dentistas e Veterinários (MFDV) - seleção anual nas Regiões Militares; - Sargentos de carreira: Sargentos de Saúde - concurso controlado pela Escola de Sargentos das Armas (EsSA); - Sargentos temporários: Sargentos Técnicos Temporários (EBST) - seleção anual…