sexta-feira, 5 de julho de 2013

A quem interessa esses modelos manifestações que estão ocorrendo no Brasil?


Eu vou começar esse post dizendo que eu vejo com um alto grau de desconfiança essas manifestações que aconteceram no Brasil durante a Copa das Confederações (e continuam acontecendo). Não confio nelas pelo simples fato de não acreditar na espontaneidade, voluntariedade ou vontade sem causa exterior nesses acontecimentos. Não acredito que as pessoas foram "do nada" para as ruas. Nesses eventos de multidões não há isso (é só ver como se organizam as marchas e paradas que existem no Brasil). Sempre há uma centelha inicial, um convite, um apelo, uma explicação, uma manipulação, um incitamento, etc. Sempre há pessoas ou um grupo organizando os eventos. Sempre há a ideia embrionária que surge da cabeça de alguém e esse alguém começa a compartilhar seus pensamentos tentando mobilizar as pessoas para a sua causa, com o objetivo de criar um grupo para influenciar a maioria. Assim como há ideias para o bem, há ideias para o mal. Eu me pergunto qual é a origem real desses protestos? Qual é a natureza dessa origem: boa ou má?

Por exemplo, esses tipos de protestos em dia de eventos, como um jogo, é uma estratégia não muito inteligente, se for oriunda de uma boa intenção. Isso mesmo! É uma ideia desprovida de inteligência, caso seja por uma boa intenção, pois coloca manifestantes e policiais em confronto (povo vs povo), enquanto a elite desfruta do entretenimento (e uma minoria do povo). Se for por uma má intenção, dispensa explicações. Todos sabem que o policial está ali porque essa é a função dele: manter a ordem pública. E o manifestante está ali porque quer reivindicar algo, mas não o faz por vínculo profissional. O segundo não irá perder o emprego se mudar de estratégia. Mas o primeiro pode perder o emprego se não cumprir as ordens recebidas. E o que me faz ficar com mais indagações sobre esses protestos, são os papagaios de pirata das redes sociais postando fotos e textos de "efeito", tais com:
- Enquanto a bola rola, estamos aqui tentando mudar o Brasil;
- Enquanto você assisti o jogo, do lado de fora está a partida mais importante; 
- Torcendo por um Brasil melhor do lado de fora do Maracanã; e
- etc.


Se já sabemos que o policial estará sempre naquele local para manter a ordem pública, qual é a real intenção dos que organizam essas manifestações em dias, locais e eventos pontuais para um confronto em potencial?

Outro exemplo são as manifestações nos locais de grande trânsito na volta do trabalho para casa. É o povo (manifestante) prejudicando o povo (trabalhador). Parem e se perguntem: a quem interessa este modelo de manifestação? Por que não protestam nas ruas do Leblon ou de Copacabana? Por que tem que ser no Centro, jogando em cima do trabalhador o caos do trânsito? Se é para reunir milhões de pessoas para reivindicar algo, por quê não fazem isso na Zona Sul (no caso do Rio)? Façam passeata na orla. Incomode a rotina dos que tem a maior parte da grana do sistema. Se o protesto é em Brasília, vá lá para o Lago Sul, mas não deixe de incomodar a Praça dos Três Poderes.

Outro ponto interessante é a quantidade de informações falsas compartilhadas pelo Facebook. Essas mesmas notícias causam revolta nas pessoas (que já estão indignadas). Exemplo: estavam espalhando pelo Facebook uma foto com o texto dizendo que a PEC 37 foi substituída pela Lei nº 12.830, de 20 de junho de 2013. Isso foi feito após a queda da mesma. E essa notícia é uma mentira maldosa que tem a finalidade de irritar as pessoas. Essa lei não tem nada a ver com o MPU e com a PEC 37. Pesquisem antes de sair compartilhando. Pesquisar sobre a notícia ajuda a não estabelecer um caos desnecessário. Mas infelizmente as pessoas tem a mania de compartilhar sem saber se a notícia é real ou não.



Enfim, eu não acredito que esses protestos causarão melhorias permanentes e profundas! Em minha opinião não passam de outra grande manipulação de massas! Precisamos de algo mais! Podem ter certeza que:
- os políticos não realizarão grandes feitos;
- os políticos continuarão encomendando pizzas, principalmente se essas manifestações pararem;
- seremos enganados mais uma vez;
- temos que mudar o sistema eleitoral (não podemos confiar nessa urna eletrônica); e
- há alguma classe por trás desses acontecimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva aqui o que você achou do Post! Por favor, respeite os princípios da boa educação! Grato!