segunda-feira, 22 de novembro de 2010

AGRESSÕES A HOMOSSEXUAIS VIRARAM DESTAQUE NA IMPRENSA NACIONAL NA SEMANA PASSADA

As pessoas que costumam visitar sites da imprensa nacional ou que assistem telejornais com frequência já até sabem dos assuntos que estou falando. Para qualquer desavisado, clique AQUI e AQUI. Agora que estamos todos a par do assunto, vamos ao post em si.

Na semana passada, dois casos de agressão a homossexuais viraram destaque em todo país: o primeiro, foi o jovem baleado por um Sargento do Exército no Parque Garota de Ipanema, no Rio de Janeiro; o segundo, foi a agressão a um jovem na Avenida Paulista, em São Paulo. No primeiro caso, com certeza haverá punição, e rígida, por parte do Exército, pois por mais que existam militares preconceituosos na Força, a instiuição em si, Pessoa Jurídica, é impessoal no julgamento destes tipos de conduta. Com certeza, esse militar ficará preso por um bom tempo, e terá muita sorte se não for expulso nos seus quase 20 anos de serviço. Agora, no segundo caso... paciência pessoal, pois são jovens de classe média e não vai dar em nada mesmo. Se o agredido fosse de classe média também, no mínimo aconteceria um acordo entre sangues azuis. Como ele não é... ficará por isso mesmo e seria muito pior se a imprensa não noticiasse o fato. Infelizmente neste país, o que esta escrito no papel, ou seja, as Leis, não valem de nada. O que vale é quanto dinheiro você tem, pois isso irá definir quantas pessoas você pode comprar. Muita coisa esta mudando e se acertando aos poucos, eu concordo, mas ainda há muita corrupção sendo escondida debaixo do tapete.

Falando nisso, lembrei de um fato às vésperas das eleições desse ano, que surpreendeu a população do Rio de Janeiro: os outdoors (veja AQUI) que foram espalhados pelo Pr. Silas Malafaia com os dizeres "Em favor da Família e Preservação da Espécie Humana. Deus Fez Macho e Fêmea. Gênesis 1:27". O que acho "engraçado" nisso tudo, além de me lembrar um dos porquês de não frequentar mais "igrejas" (preconceito "justificado"), é o fato de um líder religioso, conhecido nacionalmente, se aproveitar de um evento tão importante para a democracia, com a finalidade de promover o preconceito contra uma classe, que segundo o manual de conduta dele (a Bíblia), ele deveria estar se aproximando e não se afastando. Mas... espera um pouco. Ele está certo. Pessoas que só sabem fazer o nome com assuntos polêmicos e gritando textos pseudo-intelectuais, tem que tomar essa atitude mesmo. Me surpreenderia se ele aparecesse na TV dizendo que abomina estes ataques supracitados e que é contra qualquer tipo de manisfestação de preconceitos. Isso sim seria surpreendente. Afinal, o que é a religião hoje em dia senão uma grande ferramenta de manipulação de pessoas manipuláveis e psicológicamente frágeis? Ou alguém discorda que hoje em dia "tá" mais fácil achar pessoas "usando" Deus do que pessoas que são usadas por Ele? Ahhh, tá com dúvida. Te faço a pergunta mais objetiva do Cristianismo então: Nessas situações descritas no post e em todas as que você puder imaginar, O QUE JESUS FARIA? Respostas subjetivas, com certeza, mas definitivamente Ele não agiria como um idiota.

Para encerrar, dizem por aí que o fato de homossexuais manisfestarem afeto em público são as causas dessas agressões. O que eu digo sobre isso? HIPOCRISIA, pois como heterossexual eu acho nojento e desnecessário tanto um beijo "meloso" de um homem com uma mulhar quanto se fossem dois homens ou duas mulheres e nem por isso eu saio batendo em todo mundo. Mas o que eu acho não importa, pois se as nossas Leis permitem a livre manifestação de afeto entre heterossexuais, automaticamente os homossexuais também podem. Ou seja, se for proibir, melhor proibir para todos. Pelo menos será mais justo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva aqui o que você achou do Post! Por favor, respeite os princípios da boa educação! Grato!